Nos siga

Resenhas

Resenha: Caixa de Pássaros – Josh Malerman

Publicado

em

Olá leitores do Sobre Livros! Meus pais não acreditam, mas eu sou a maior medrosa quando se trata de livros/séries/filmes de terror, devido ao fato de amar fantasia. Eles não acreditam que história de vampiros e lobisomens podem não evocar medo. Mas a verdade é que desde 2003 não me deparo com uma história que me assustasse tanto quanto Caixa de Pássaros.

Comprei o livro em um impulso de curiosidade. Mesmo sabendo que era um livro considerado de terror, não pude segurar a vontade de entender o que diabos se passava nessa história – ops, sendo uma história de terror seria melhor não atrair espíritos malignos, né? 😛

Caixa de Pássaros foi escrito por John Malerman – que veio na Bienal do Livro do Rio de Janeiro de 2015 – que é cantor e compositor da banda de rock High Strung. Atualmente ele mora em Ferndale, Michigan, com a noiva.

O livro começa nos mostrando o momento que a protagonista Malorie toma uma atitude para mudar sua situação atual. Ela está sozinha em uma casa deteriorada, encurralada e precisa criar a coragem de sair do único lugar que lhe deu algum abrigo. Ela tem dois filhos, um menino e uma menina, de quatro anos, que foram muito bem treinados para viver nessa nova realidade.

Acontece que em certo momento, os humanos começaram a presenciar alguns fatos aterradores. Sem qualquer motivo aparente, pessoas no mundo todo têm ataques de violência. Mas não são ataques comuns, como assaltos, estupros e serial killers como infelizmente somos obrigados a conviver. É pior. Em um ataque a mãe enterrou vivos os filhos e se matou.  Em outro o homem arrancou os próprios olhos com uma colher. As pessoas estavam ferindo gravemente – e de maneira grotesca – as pessoas a seu redor, e depois se suicidavam.

Em um primeiro momento ninguém entendeu o que estava acontecendo, mas a medida que esses ataques aumentavam, as pessoas começaram a suspeitar que havia algo motivando essa violência. E que esse algo provavelmente era um ser. Alguma coisa viva que podia se locomover e que não estava sozinho –  a humanidade presenciava sua derrocada para seres que ela nem podia descrever, afinal uma única olhadela para esse ser eclodia a violência.

Todas as pessoas que avistaram um desses seres não conseguia relatar o que viu para ajudar os demais a se defenderem. Assim que via, a pessoa era tomada pela insanidade e agredia quem estivesse perto e depois a si mesma. Nenhum governo resistiu, pouco a pouco a humanidade foi reduzida a aqueles que conseguiam se proteger daquilo que estava do lado de fora de suas casas, protegendo a visão daquele ser inexplicável.

Com a humanidade quase extinta, Malorie conseguiu sobreviver dentro de uma casa que tinha todas as suas janelas protegidas com cobertores. Desde que a crise estourou que ela não via o lado de fora. Buscava água em um poço a alguns metros da porta dos fundos da casa, mas para essa e qualquer outra tarefa que necessitava fora da casa era preciso usar uma venda sobre os olhos. Para sobreviver, era preciso não enxergar.

Malorie precisa sair da casa, mas o único caminho é o rio atrás da propriedade. Ela precisará usar um barco para levar os filhos pelo rio. Tarefa extremamente perigosa para quem precisará remar e guiar o barco usando uma venda.

A leitura de Caixa de pássaros nos deixa o tempo todo apreensivos, não consegui parar de ler. Precisava saber para onde Malorie estava levando os filhos, se conseguiria, se encontraria uma salvação. E mais: como as coisas chegaram naquele ponto. Como uma mulher sobreviveu sozinha e criara os filhos por 4 anos? Durante a leitura vamos aumentando o número de questionamentos e a curiosidade nos faz avançar, mesmo que tenha momentos realmente pavorosos.

A narrativa de Malerman nos prende e já na primeira página embarcamos nessa viagem apavorante. O mais assombroso é que a trama e a narrativa são tão envolventes, que demorei alguns dias depois de terminar o livro para conseguir perceber, em retrospectiva, que a história tem alguns furos, mas nada que comprometesse a minha opinião de que o livro é sensacional. O autor tinha o objetivo de nos prender e é exatamente isso que acontece, o livro cumpre sua meta.

Duvido que exista alguma pessoa que leu a sinopse desse livro e que não ficou tremendamente curioso. Quando peguei o livro para ler pensei que das duas, uma: Ou o livro seria incrível ou o autor se atrapalharia ao revelar o grande mistério. A saída que Malerman escolheu para finalizar o livro foi brilhante – não vou comentar mais para não soltar spoiler, mas quem quiser conversar comigo sobre esses pontos, vamos conversar aqui nos comentários (mas coloque um aviso de spoiler, ok?).

A edição da Intrínseca está arrepiante! A capa incorpora a atmosfera do livro, todo início de capítulo tem a página decorada. As páginas são amareladas e a fonte confortável. São 268 páginas de muita adrenalina.

Indico a leitura para aqueles que gostam de mistério, de livros que nos prendem pelo seu ambiente sombrio. Vários momentos fiquei absurdamente assustada. Boa leitura!

Laila Ribeiro é mestra em Escrita Criativa pela PUCRS; pós-graduada em Gestão Empresarial, em Gestão Pública e MBA em Gestão de Recursos Humanos; graduada em História pela PUC Minas (2014) e em Administração Geral e Agroindustrial pela Universidade Presidente Antônio Carlos (2007). Atualmente, é membro da equipe do site literário Sobre Livros (www.sobrelivros.com.br), e mantém o canal literário https://www.youtube.com/c/ribeirolaila. Participou de antologias de contos e, em 2016, foi monitora da Oficina de Criação Literária do professor e escritor Luiz Antonio de Assis Brasil.

Continue Lendo
19 Comentários

19 Comentários

  1. Vitória Fernandes

    12 de julho de 2017 em 10:22

    Eu não entendi muito bem esse livro. Foi muito frustrante para mim não saber quais eram as criaturas que aterrorizavam a cidade.

    • Bia

      25 de outubro de 2018 em 18:55

      Eu geralmente só assisto depois de saber do final, pra avaliar se vale a pena ver hehehe

  2. Pingback: Caixa de pássaros | Netflix adquire direitos para adaptação e traz Sandra Bullock no elenco | Sobre Livros

  3. SILVIA TSCHÁ SIQUEIRA

    30 de outubro de 2017 em 22:17

    EU GOSTEI MUITO DO LIVRO, NÃO DIRIA EXATAMENTE DE TERROR , MAS SIM DE SUSPENSE. MUITO BEM ESCRITO E O INTERESSANTE QUE CONFORME FUI LENDO , COMECEI A CONTAR TRECHOS DO LIVRO ARA FAMILIA QUE FICOU MUITO INTERESSADA, E A CADA PALPITE LÓGICO SOBRE O DESENROLAR DAS COISAS O AUTOR ME DAVA A RESPOSTA DE IMEDIATO. QUANDO O PEGUEI PARA LER NÃO CONSEGUI PRENDER MINHA ATENÇÃO E AGORA FIQUEI ENAMORADA. NÃO SEI SE ERA A INTENÇÃO MAS, ACHO QUE O LIVRO MOSTRA UM POUCO COMO SOMOS E COMO TEMOS MEDO DO NOVO E ESTRANHO , E COMO É DIFÍCIL TIRARMOS NOSSAS VENDAS PARA ENXERGARMOS ALÉM….

  4. Vania

    20 de novembro de 2017 em 10:14

    Spoiler….. me conta o desenrolar da história me conta o final ….kkk
    Por incrível que pareça acho que sou a única no mundo, mas amo saber tudo do livro ou filme pra depois ver se vou ver ou não

    • Juliana Alencar

      22 de dezembro de 2017 em 20:12

      (spoiler a frente – por sua conta em risco)

      Na segunda parte da história, a protagonista recebe uma ligação de um homem responsável por um centro de acolhimento (é por isso que, no primeiro capítulo, ela está fazendo a viagem de barco). Ela e as crianças obtêm sucesso, chegam ao local e passam a viver lá.

  5. Paula

    27 de dezembro de 2017 em 17:24

    Juliana Alencar mas o que eram os serem que faziam as pessoas se matarem??

    • Larissa

      27 de agosto de 2018 em 23:21

      Não é revelado, o que incomodou muita gente, mas que para mim foi demais. Os próprios personagens não tinham como descobrir quem era o “monstro (não sabemos) já que se o visse morreriam. Apenas escutavam e sentiam, isso vai da sua interpretação. leia, o final é espetacular se olhado pelo ponto de vista certo, não vai se arrepender.

  6. Fernanda Alves

    5 de janeiro de 2018 em 18:05

    Vocês diriam que esse livro e pé quantos anos?

  7. Lúcia de Castro

    6 de maio de 2018 em 18:58

    Olha, o livro não é muito pesado não. Então acho que adolescentes podem ler de boa, mas não recomendaria pra crianças n

  8. Pierre Lucena

    9 de agosto de 2018 em 06:51

    ( Spoiler talvez )

    Gostei muito desse livro. É envolvente e assustador, e confesso que não consigo ler ele a noite.
    Mas eu acredito que as criaturas eram ,na verdade, um simples reflexo do que supostamente mais tememos… Nós mesmos.

  9. Lorrane Vitória Chagas dos Santos

    8 de setembro de 2018 em 14:53

    Spoiler a frente …
    Na vdd na página 237 fala que Olympia fica loca e que ela vê as criaturas e ela fala bem assim
    -Eles parecem Lobos – chora Olympia-parecem Lobos
    Isso quer dizer que as tais criaturas parecem com Lobos mas eu acho que isso vai da Imaginação de cada pessoa porque isso é tipo um jeito que eles parecem mas o que eles Realmente são o que vem na sua mente e a sua criatividade.

  10. Márcia Sueli Rodrigues

    12 de setembro de 2018 em 20:52

    Livro envolvente, com certeza. Um suspense, uma vontade de saber o que vai acontecer. Legal o vai e volta da narração. Acho que abriu caminho para um “Box Bird II”. Vamos aguardar o filme.

  11. Mirian

    11 de outubro de 2018 em 16:58

    Quando a Olympia fala que eles parecem lobos, se refere ao pessoal transtornado no andar de baixo apos verem a criatura.nesse momento a porta do sótão esta trancada. Quando ela vê a criatura ela diz “vc é linda” “nao ha nada de errado com vc” e oferece a bebê dela.

  12. Camila

    30 de novembro de 2018 em 23:05

    Qual o significado do nome do livro então ?

    • Cristopher

      26 de dezembro de 2018 em 13:30

      Bird box, por conta dos passaros que estavam dentro da caixa e que não podiam ver o mundo externo, mais sentiam as criaturas.

  13. jubson harry

    6 de dezembro de 2018 em 10:44

    O título do livro se refere aos pássaros que dão sinal quando alguém se aproxima. Eles estão na porta de uma das casa visitadas pela protagonista.

  14. Diego

    27 de dezembro de 2018 em 11:08

    Olá, bom dia querida!
    Tudo bem?
    Adorei seu blog e amo falar de livros, pegar indicações e passar indicações também. Será que poderíamos conversar sobre isso e sermos amigos?
    Eu sou escritor e amo ler, inclusive tenho um livro publicado.
    Meu whatsapp é (21)98718-5757
    Te aguardo.
    beijos
    Diego

  15. ted levine gallager

    2 de janeiro de 2019 em 22:10

    eu sei quem são as “criaturas” que assombram á todos. é revelada no meio do livro. e depois revendo o começo do livro uma das personagens sem perceber fala quem são as “criaturas”. esta numa simples afirmação. e fiquei na dúvida sobre o final. mas o revi e de novo numa simples afirmação de um personagem tive a plena certeza do “final feliz” dos 3 sobreviventes. já percebi logo de cara o grande erro da humanidade quando o “apocalipse” começou a despontar. era algo tão simples a se evitar. adorei o livro; me fez pensar, raciocinar e questionar do inicio ao fim. saquei o óbvio bem rápido. josh malerman é inteligentíssimo.

Deixe uma resposta

NOVIDADES

Perdida - Carina Rissi [DESTAQUE] Perdida - Carina Rissi [DESTAQUE]
Ordem dos Livros3 meses ago

Ordem dos Livros | Perdida – Carina Rissi

Ordem dos livros, curiosidades e informações da série Perdida escrita pela brasileira Carina Rissi, autora muito conhecida por vários chick-lits.

Uma Coroa de Espadas - Robert Jordan [DESTAQUE] Uma Coroa de Espadas - Robert Jordan [DESTAQUE]
Livros3 meses ago

A Roda do Tempo | Capa e pré-venda do livro Uma Coroa de Espadas

Uma Coroa de Espadas tem previsão de lançamento para 29 de outubro no Brasil.

Fallen - Lauren Kate [DESTAQUE] Fallen - Lauren Kate [DESTAQUE]
Ordem dos Livros3 meses ago

Ordem dos Livros | Fallen – Lauren Kate

Ordem dos livros, curiosidades e informações da série Fallen escrita pela norte-americana Lauren Kate, na qual ganhou adaptação da Disney.

Divergente - Veronica Roth [DESTAQUE] Divergente - Veronica Roth [DESTAQUE]
Ordem dos Livros3 meses ago

Ordem dos Livros | Divergente – Veronica Roth

Ordem dos livros, curiosidades e informações da série distópica Divergente escrita pela norte-americana Veronica Roth.

Cinquenta Tons de Cinza - E. L. James [DESTAQUE] Cinquenta Tons de Cinza - E. L. James [DESTAQUE]
Ordem dos Livros3 meses ago

Ordem dos Livros | Cinquenta Tons de Cinza – E. L. James

Ordem dos livros, curiosidades e informações da série erótica Cinquenta Tons de Cinza escrita pela britânica E. L. James.

Robert Langdon - Dan Brown [DESTAQUE] Robert Langdon - Dan Brown [DESTAQUE]
Ordem dos Livros3 meses ago

Ordem dos Livros | Robert Lagdon – Dan Brown

Ordem dos livros, curiosidades e informações da série de aventuras Robert Langdon escrita pelo norte-americano Dan Brown.

Jogos Vorazes - Suzanne Collins [DESTAQUE] Jogos Vorazes - Suzanne Collins [DESTAQUE]
Ordem dos Livros3 meses ago

Ordem dos Livros | Jogos Vorazes – Suzanne Collins

Ordem dos livros, curiosidades e informações da série distópica Jogos Vorazes escrita pela norte-americana Suzanne Collins.

Crepúsculo - Stephenie Meyer [DESTAQUE] Crepúsculo - Stephenie Meyer [DESTAQUE]
Ordem dos Livros3 meses ago

Ordem dos Livros | Crepúsculo – Stephenie Meyer

Ordem dos livros, curiosidades e informações da série de fantasia Crepúsculo escrita pela norte-americana Stephenie Meyer.

Percy Jackson e Os Olimpianos - Rick Riordan [DESTAQUE] Percy Jackson e Os Olimpianos - Rick Riordan [DESTAQUE]
Ordem dos Livros3 meses ago

Ordem dos Livros | Percy Jackson e Os Olimpianos – Rick Riordan

Ordem dos livros, curiosidades e informações da série de fantasia Percy Jackson e Os Olimpianos escrita pelo norte-americano Rick Riordan.

Harry Potter - J. K. Rowling [DESTAQUE] Harry Potter - J. K. Rowling [DESTAQUE]
Ordem dos Livros3 meses ago

Ordem dos Livros | Harry Potter – J. K. Rowling

Ordem dos livros, curiosidades e informações da mundialmente conhecida série de fantasia Harry Potter escrita pela britânica J. K. Rowling.

Populares