Correspondente Bélgica | Venda de garagem

0
690

Em meio às tradicionais batatas fritas: livros. Assim, a cultura se espalha em um dos países mais antigos da Europa.

Bibliotecas em cada Cidade,  livros em estantes na maior parte das casas, feiras ao ar livre e muitas livrarias.

Parar e folhear um livro faz parte do dia a dia.

Percebi que na Bélgica, principalmente no verão, as ideias literárias surgem em muitas cidades. Certa vez me deparei com essa imagem e fiquei surpresa.


Os livros usados estavam à venda, colocados em um móvel em frente à casa como um pequeno ritual cultural.

Se o leitor tem livros que gostaria de vender, coloca em frente à sua casa com uma caixinha e o valor a mostra. O comprador escolhe, coloca as moedas na caixinha e o livro ganha vida nas mãos de outro leitor.

Parece uma atitude simples, mas funciona como um “presente dos deuses” para nós leitores. Comum perceber a euforia quando se coloca alguns exemplares para fora. Olhos atentos garimpando, lendo sinopses, decidindo.

A cada verão, o ritual se renova. Nunca sabemos o que vamos encontrar cada vez. É a oportunidade de comprar bons livros a cada estação.

Então, fica essa dica para os leitores viajantes.
Se encontrar livros  em frente à uma casa prepare-se para mais uma aventura literária.
Até a próxima.

COMENTAR