Arqueiro publica “Tudo Que A Gente Sempre Quis”, de Emily Giffin

0
467

A Arqueiro publica hoje o livro único “Tudo Que A Gente Sempre Quis“, da autora norte-americana Emily Giffin. Você pode adquirir seu exemplar na Amazon.

LIVRO DE ESTREIA DA EMILY GIFFIN NA ARQUEIRO, TUDO QUE A GENTE SEMPRE QUIS RETRATA QUESTÕES QUE ENVOLVEM BULLYING, FEMINISMO, FAMÍLIA E LEALDADE.

Emily Giffin é autora de sete romances best-sellers do The New York Times, traduzidos para 35 idiomas, com mais de 11 milhões de exemplares vendidos.

“Um retrato cativante e atual sobre as complexidades da vida moderna. Este livro é Emily Giffin em sua melhor forma.” Kristin Hannah, autora de O Rouxinol

“Fascinante e comovente, Tudo que a gente sempre quis retrata um dilema que fará os leitores pensarem em questões sobre lealdade e amor.” – Harlan Coben, autor de Não conte a ninguém

Casada com um membro da elite de Nashville, Nina Browning leva a vida com que sempre sonhou. Recentemente, o marido ganhou uma fortuna vendendo seu negócio de tecnologia e o filho adorado foi aceito em Princeton. No entanto, às vezes Nina se pergunta se ela se afastou dos valores com que foi criada em sua pequena cidade natal.

Tom Volpe é um pai separado que se divide entre vários empregos para criar a filha, Lyla. Ele finalmente começa a relaxar depois que a menina ganha uma bolsa de estudos na escola de maior prestígio de Nashville.

Filha de uma brasileira e de origem menos abastada, Lyla nem sempre se encaixa em meio a tanta riqueza e privilégios, mas, na maioria das vezes, ela é uma adolescente típica e feliz.

Então uma fotografia, tirada em um momento de embriaguez em uma festa, muda tudo. À medida que a imagem se espalha, as opiniões da comunidade se dividem.

No centro das mentiras e do escândalo, Tom, Nina e Lyla são forçados a questionar seus relacionamentos mais íntimos, percebendo que tudo que sempre quiseram talvez não fosse tão perfeito assim.

COMPARTILHAR
Artigo AnteriorFaro Editorial lança “O Lado Obscuro”, de Tarryn Fisher
Próximo ArtigoNovo livro do autor de “Perdido em Marte”
Laila Ribeiro é mestra em Escrita Criativa pela PUCRS; pós-graduada em Gestão Empresarial, em Gestão Pública e MBA em Gestão de Recursos Humanos; graduada em História pela PUC Minas (2014) e em Administração Geral e Agroindustrial pela Universidade Presidente Antônio Carlos (2007). Atualmente, é membro da equipe do site literário Sobre Livros (www.sobrelivros.com.br), e mantém o canal literário https://www.youtube.com/c/ribeirolaila. Participou de antologias de contos (Insanas - Elas Matam!, Onisciente Contemporâneo, Translações Singulares e Não Culpe o Narrador) e, em 2016, foi monitora da Oficina de Criação Literária do professor e escritor Luiz Antonio de Assis Brasil.

COMENTAR