Resenha: Stars | As estrelas entre nós – Anna Todd

2
1361

Antes de que você, fã imensurável de Anna Todd venha me atacar com mil pedras na mão; preciso que saiba duas coisas:

1) Eu continuo venerando nossa rainha.

2) Eu realmente compraria qualquer livro dela sem ler a sinopse, de tanto que eu gosto.

Tenho certeza que muita gente vai falar que para se dar uma opinião precisamos ler até o final, mas vou ter que discordar; NUNCA imaginei que teria um bloqueio literário e Anna Todd figurando na mesma frase, PORÉM, never say never.

O lançamento de ‘As garotas Springs’ já não trouxe tanta crítica boa para nossa autora, mas confesso que ainda não dei uma chance e por isso não vou opinar; entretanto, tanto o “Nothing more” quanto o “Nothing less” também lançados recentemente (e logo posto resenha deles aqui) me proporcionaram momentos deliciosos, por isso quando eu vi o Stars” nem pensei, só mergulhei de cabeça. BUT, eu tentei, eu juro que tentei com força, mas o livro pra mim deixou muito a desejar.

Basicamente, a história traz a dificuldade de que Karina tem em aceitar a vida dos militares justamente por ter sido filha de um e ter passado toda sua vida na base; mas a busca pela liberdade faz com que Karina compre uma casa fora da base militar e vá trabalhar como massagista. Nesse período ela acaba conhecendo um cliente misterioso, nosso mocinho da história, Kael, que segundo a sinopse “com o tempo ela percebe que ele carrega um peso muito maior do que dois períodos no Afeganistão”. Bem, eu fui até o final do livro então não consigo pensar que a história fosse se desenrolar nas ultimas páginas e mesmo se desenrolasse eu ficaria irritada da mesma forma já que todas as anteriores não foram lá grandes coisas.

Na minha opinião, o lance todo já começa errado quando você vê que o livro começa em uma atualidade onde o casal, está para se encontrar em um café (no ano de 2019) e não está mais junto, depois disso o lapso temporal retrocede nos anos, de forma que passe a contar o desenrolar da coisa toda, mas gente, na minha opinião, a protagonista não foi muito bem explorada, acabou deixando ela uma menina maçante e me arrisco até a dizer, chata; já Kael que poderia vir a calhar e melhorar a trama toda, praticamente não existe, o cara não fala, é tedioso e justamente por isso acaba que a química entre eles, no meu ponto de vista fique mais fria do que as geleiras do polo norte.

Talvez eu tenha começado o livro esperando um novo Hardin, uma nova Tessa ou aquele relacionamento que encontramos em After, acontecesse o que fosse, o fogo estava lá rapaz, e caramba, Anna Todd conseguiu manter o fogo de Hessa em todos os vários livros que fizeram parte da trama.

Fiquei desapontada com o desenrolar do livro, mas preciso acreditar que dias e livros novos de Anna Todd virão, porque eu realmente me recuso a jogar a toalha e espero ansiosamente por outro livro dela que vai fazer com que eu sinta o que senti quando li After (aliás, que venha logo Março/2019, não estou me aguentando pelo lançamento do filme, veja o trailer aqui).

Mas entre trancos e barrancos, também preciso ressaltar que “Stars – As estrelas entre nós” trata-se de uma nova trilogia e obviamente pode acabar por surpreender no final das contas. Então meus queridos leitores compulsivos, se você leu e amou, pleeeeeease, me façam mudar de opinião e me tragam uma nova perspectiva que me faça dar outra chance para o livro porque até o momento minha nota, de 0 à 5 pra ele está lá pelo 1,0 e isso pela consideração que eu tenho á Anna Todd; se eu não soubesse da capacidade dela em arrancar suspiros e sonhos, daria um zero facilmente.

2 COMENTÁRIOS

  1. Acabei de ler agora e corri na internet para ler o que as pessoas estavam comentando e cheguei até aqui. Sinto a mesma coisa, estou perdida? Estou frustrada? Sei lá, só sei que esperava mais, preciso ler essa série toda pra entender de fato o que li. Acho que eu esperava também um Hardin, eu estava começando e criar laços com o Kael quando a história toda virou e sei lá… quero mais pra saber se gostei ou não rs

  2. Contem spoiler . Gente acabei de ler Stars ‘as estrelas entre nós’, o título é maravilhoso e eu adorei. Foi somente o título que me agradou na leitura. Irmãs tem muitas pontas soltas que deveriam ser esclarecidas neste livro mesmo que venha a ter uma continuação. No início conta que estão num reencontro depois de passar algum tempo sem se verem, no final desse primeiro ato, ela fala sobre ir a um funeral. Irmãs, de início achei que fosse o funeral da mãe, logo continuando na leitura vejo que sua mãe teria fugido. Como uma leitora assídua, senti um pouco de inspiração com cinquenta tons, na forma com que o então “coadjuvante” Kael foi escrito. Em varios pontos do livro ela o descreve um pouco parecido como Anastasia Still fala sobre os sentimentos de angústias que tem em ver as cicatrizes de Cristhian Grey e tbm a forma como Anna Todd descreve sobre o primeiro orgasmo de Kare, usando os dedinhos de Kael é bem parecido tbm, sem contar o jeito sempre cordial e suas roupas bem alinhadas, e as roupas de cama na cor roxo com florzinha brancas me fez lembrar de Crepúsculo, tudo bem que a roupa de cama de bella era toda roxa mas se tratando de uma saga de livros que marcou tanto a gente, não dava p colocar outra cor no edredom de Kare ??!!! Gente passada, tanta cor no mundo! Me desculpas irmãs mas como assim ela não ligou uma coisa na outra quando o tal de Nielson entrou na clínica depois de ela ter ouvido o boy dela falando o nome dele dormindo e ainda o Kael chegou na clínica antes até do tal de Nielson ir embora ?!!!!!! Anna Todd quero explicações! Mónasss, já tinha tido aquela discussão com o até então ex boy dela e o pai dela sobre esse Kael ser uma fraude! Móna eu tive vontade de entrar no livro e falar, viadooo tá tudo armado pelo teu boy ele até convenceu teu irmão de ir p guerra, larga ele, ele é boy lixo e manipulador. Gente quem le o livro de uma forma racional e não de uma forma romantizada, no final quando as coisas se desenrolam, dá p pegar no ar que o bofe tinha armado tudo, até como se aproximar dela e ela ainda se encontra depois de meses com o boy e o livro não diz como acaba esse encontro e nós fica querendo saber !! Aff ! P terminar que já se estendeu bastante, viado não aceito eu não saber quem foi que morreu, se foi o irmão, se foi o pai ou se foi a mãe. Quem souber irmoēs me avisem aqui nos comentários!

COMENTAR