Resenha: Sorrisos Quebrados – Sofia Silva

0
280

Olá Leitores!

Hoje trouxe uma resenha que causou um misto de emoções em mim! Espero que gostem!

“Às vezes precisamos olhar para as pessoas com os nossos corações e não com os olhos, pois só assim nós vemos quem realmente são.”

Sorrisos Quebrados faz parte de uma série que fez sucesso no Watpadd da autora portuguesa Sofia Silva. A Editora Valentina lançou recentemente o livro e a autora esteve presente na bienal do Rio de Janeiro de 2017.

A história gira em torno de Paola, que foi “quebrada” pelo seu ex marido, ela se casou e viveu anos em um casamento abusivo, onde Roberto, seu parceiro, a violentava fisicamente e psicologicamente, o ápice da loucura de Roberto se deu quando Paola tentou fugir de casa, fugir deste relacionamento tão violento, mas o marido descobriu a fuga e entregou sua esposa aos cães que estavam treinados para matar. Logo em seguida, Roberto se suicidou, obviamente não contava com a sobrevivência de Paola, que apesar de ter sobrevivido, revive a cena, o trauma, a cada instante com todas as marcas e cicatrizes que ficaram em seu corpo e metade do seu rosto.

De outro lado temos André, que também tenta contornar os traumas do passado, sua história é desvendada no desenrolar da história.
Seis anos se passam e Paola agora vive em uma clínica para pacientes com traumas, é lá, onde ela passa seus dias tentando buscar o tão sonhado recomeço.
No carnaval, acontece o tradicional baile da clínica, onde as pessoas deixam de ser por um momento quem são e vivem a fantasia de se esquecerem um pouco de quem foram. E é neste baile que Paola conhece Sol, filha do André, que de alguma forma vive seu próprio trauma também, não consegue se relacionar com ninguém, toda aproximação é assustadora para a criança.
E por algum motivo, a menina vê em Paola sua nova melhor amiga, e começa a desenvolver com ela uma relação nunca imaginada pelo pai e avós da criança.

Os capítulos são contados no ponto de vista de André e Paola alternadamente, a história é contada de forma poética pelos dois, a forma com a autora escreveu o livro toca nosso coração de uma forma fantástica, a relação que vai sendo construída pelos personagens tão marcados por suas histórias passadas é maravilhosa. O romance que nasce entre os personagens é bem carregado de emoção.

Me surpreendi com a parte erótica do livro, que é descrita pela autora de uma forma bem leve e poética. As vezes eu sentia que o livro estava bem corrido, e senti falta também de saber um pouco mais sobre a família de Paola, do seu socorro após o incidente que marcou sua vida (no livro não dá para entender a relação dela com a família), e no meu ponto de vista, em um período tão traumático da vida dela a família teria que ser o porto seguro de Paola, uma vez que ela esteve a beira da morte.

Outro ponto que vale a pena ressaltar é a importância dos recomeços após acontecimentos tão terríveis e traumáticos na vida de alguém, a autora deixa claro o tanto que situações podem destruir uma pessoa, mas também é possível recomeçar, é possível enxergar cores e vida onde você menos espera, e reforçando, por mais fundo que você esteja no poço da tristeza, é possível sim, recomeçar, para mim esta é a principal mensagem do livro.

A edição está impecável, li no kindle e conheci a edição física, que também está maravilhosa, existem algumas ilustrações no decorrer do livro e no começo de cada capítulo tem a ilustração da capa, que aliás, é maravilhosa e retrata muito bem o livro. Vi um erro de digitação na versão kindle, não sei se continua na versão da Valentina.

Para quem gosta de histórias dramáticas com temas importantes, este livro tem que entrar na listinha de leitura.

COMENTAR