Resenha: O Menino Prodígio do Crime – Eoin Colfer

0
206

“Confiança é ignorância. Se você está se sentindo confiante, é porque há alguma coisa que não sabe.”

Olá leitores do Sobre Livros! Existem algumas séries que eu me pergunto porque raios ainda não viraram febre, modinha como Harry Potter e Crepúsculo. Não que as histórias se pareçam ou coisa assim, mas porque essas leituras são realmente mágicas e deveriam ser conhecidas por todos.

Nesse caso, todo pré-adolescente deveria ler Artemis Fowl. Você deve estar aí me questionando como uma história sobre uma família criminosa poderia ser de grande valia aos leitores em formação. E o que eu posso responder é que sim, nosso pequeno protagonista Artemis tem apenas 12 anos e é um geniozinho criminoso, mas isso não diz muita coisa sobre os personagens e enredo. Ver por esse ângulo é minimizar uma história encorpada.

E talvez essa minha frustração termine, pelo menos no caso de Artemis Fowl. A Disney acaba de revelar o trailer e poster da adaptação da série para o cinema! Torcendo muito para que seja uma boa adaptação e conquiste novos leitores!

Artemis precisou assumir os negócios da família depois que seu pai supostamente foi morto em uma explosão e sua mãe ficou altamente debilitada devido a perda de seu grande amor. Apesar da tenra idade, Artemis precisa salvar sua família da bancarrota, já que com a explosão o negócio arriscado que seu pai estava fazendo onerou e muito o caixa da família.

E essa meus caros, não é uma família qualquer. Os Fowl são conhecidos no mundo todo, devido sua vida abastada na Irlanda. Seus negócios são conhecidos no mundo todo, mas a polícia nunca conseguiu acusá-los de nada. Na verdade até acusam, mas não conseguem provar.

Os Fowl moram em um castelo medieval em um cenário esplendoroso. E tudo que sua família construiu poderá ruir se Artemis agir como se espera de um garoto, mas ele não é um garoto qualquer. De uma inteligência admirável, esperteza voraz e engenhosidade fora do comum, Artemis traça um plano para salvar tudo.

Ao seu lado ele tem apenas os irmãos Butler. Dizer apenas é ofensivo. Deixe-me reformular… A família Butler há gerações é treinada para servir a família Fowl. É um arranjo bem interessante para as duas famílias. Os Butler são treinados para ser o braço direito, esquerdo, perna direita e esquerda dos Fowl, e se tudo corresse bem eles eram devidamente recompensados.

A narrativa começa com Artemis executando um plano que qualquer um que não conhecesse esse garoto direito, teria a tendência de interná-lo em um manicômio. Mas lembrem-se, esse é Artemis Fowl, não duvide de sua capacidade mental. Artemis está atrás de um livro, mas não um livro qualquer.

Artemis está à procura do livro que abrirá as portas de um mundo secreto e imperturbável durante toda a história da humanidade, mas que ele está prestes a estremecer!

A narrativa de O Menino Prodígio do Crime é deliciosa! Cheia de sarcasmo e pitadas intrometidas do narrador fazem a leitura muito divertida e interessante. E vale ressaltar, apesar de apresentar a história de uma família criminosa, Artemis Fowl apresenta lições de coragem que só um garoto com o coração bondoso poderia executar. O livro é cheio de questionamentos do que realmente é certo e errado, e deixa para trás o maquineísmo de que ladrões são de todo mal. O autor brilhantemente nos apresenta personagens que com um olhar mais profundo nos aponta para uma verdade: não devemos julgar antes de conhecer. Uma pessoa não é o seu título.

O livro foi escrito por Eoin Colfer, irlandês que teve permissão da viúva de Douglas Adams para escrever o sexto volume da série Mochileiros da Galáxia, intitulado E Tem Outra Coisa… Que responsa, heim!

A edição da Record está lindíssima. Esse é o primeiro volume, O Menino Prodígio do Crime, mas a série é composta por 8 livros, todos publicados no Brasil. Toda a série tem sua capa metalizada! No corpo do texto, todas as páginas são decoradas com a linguagem das fadas…

Ops! Não tinha falado sobre isso, né? Pois é! Quando menos se espera na narrativa, somos brindados com a apresentação de um universo rico e encantado! Mas isso deixarei para que descubram mais detalhes lendo O Menino Prodígio do Crime. Boa leitura!

COMENTAR