Marcado Reencontrando os Consagrados #24: Neuromancer – William Gibson

Nosso próximo encontro virtual será dia 13/01/2018

1
770

Olá leitores! É com prazer enorme que informo que o 24º encontro do clube do livro virtual Reencontrando os Consagrados está marcado!

Para aqueles que ainda não participaram, fica o convite: o Reencontrando os Consagrados é um clube do livro virtual, aberto para todos que quiserem participar, em que nos encontramos de três em três meses para conversar sobre uma leitura votada pelo próprio clube. E detalhe: na votação só entram livros consagrados!

Para participar, basta ler o livro escolhido pelo clube e estar conectado no Sobre Livros no horário e data previamente marcados. Qualquer leitor é bem vindo! Confira abaixo os detalhes do próximo clube:

24º Reencontrando os Consagrados

Livro: Neuromancer – William Gibson

Data: 13/01/2018

Horário: 15 horas (horário de Brasília)

Local: Chat no www.sobrelivros.com.br

O Céu sobre o porto tinha cor de televisão num canal fora do ar. Considerada a obra precursora do movimento cyberpunk e um clássico da ficção científica moderna, Neuromancer conta a história de Case, um cowboy do ciberespaço e hacker da Matrix. Como punição por tentar enganar os patrões, seu sistema nervoso foi contaminado por uma toxina que o impede de entrar no mundo virtual. Agora, ele vaga pelos subúrbios de Tóquio, cometendo pequenos crimes para sobreviver, e acaba se envolvendo em uma jornada que mudará para sempre o mundo e a percepção da realidade. Evoluindo de Blade Runner e antecipando Matrix, Neuromancer é o romance de estreia de William Gibson. Esta obra distópica, publicada em 1984, antevê, de modo muito preciso, vários aspectos fundamentais da sociedade atual e de sua relação com a tecnologia. Foi o primeiro livro a ganhar a chamada “tríplice coroa da ficção científica”: os prestigiados prêmios Hugo, Nebula e Philip K. Dick.

Para ficar ainda mais ligado no clube, entre nos grupos do Facebook e Skoob.

Confirme sua presença no evento do 24º encontro do clube.

Boa leitura!

Nossas leituras nos últimos seis anos:

1 COMENTÁRIO

COMENTAR