Correspondente Bélgica | Apresentação da nova correspondente internacional

0
961

Me chamo Roqueline Santos, nasci no nordeste do Brasil em Salvador/Bahia onde os repentes e quadrinhas brotam nas mãos de grandes escritores. Tenho 40 anos, sou mãe de dois adolescentes e um livro. A arte de escrever faz parte de mim e da minha essência.

Cursei pedagogia, escrevo desde adolescente quando trabalhava para as minhas amigas de infância como “escritora de cartas de amor”. Escrevia poemas, cartas anônimas e pedidos de namoro.

Por muito tempo lamentei não ter uma aptidão. Desde menina, não sabia tocar um instrumento, não praticava nenhum esporte e nem sequer entendia da arte da computação, mas sabia escrever. Nesta fase, não compreendia que isso poderia ser uma arte. E porque não?

Escrevia o que pensava, me dedicava por horas a desenhar meus sonhos e pensamentos em forma de letras e palavras. Declarava, poetizava, descrevia.  Sou as letras que saem do meu inconsciente. Posso escrever mais rápido do que pensar.

Descobri por fim, que isso é dom. Essa capacidade de escrever e reescrever os fatos e a vida. A insanidade de andar com papel e caneta em qualquer lugar para não perder um instante de imaginação. Dormir com um bloquinho na cabeceira da cama, pois a qualquer momento entre um piscar de olhos, as palavras podem brotar.

Há quatro anos, conheci um homem encantador que me incentivou a publicar meu primeiro livro. Nos casamos e me mudei para Bélgica. Cheguei no país das cervejas e batatas fritas com muitas expectativas, tal foi minha surpresa quando me encontrei numa família de escritores. Meu cunhado, minha sogra e meu marido possuem publicações sobre culinária e viagem. Descobri que nada é por acaso.

É o que sou. Um ser criativo. Capaz de transformar tudo em palavras, expressar a vida na arte da escrita.

Vou dividir com vocês minhas descobertas literárias, compartilhar histórias e curiosidades que encontrar em minhas aventuras. Existe um universo em frases e poemas espalhados por todo o mundo.

Tot Ziens ! (Nos vemos em breve)

COMENTAR